Páginas

domingo, 28 de julho de 2013

EXISTE UMA HORA CERTA PARA A MORTE?


Existe uma hora certa para a morte?

Uma leitora nos pergunta se existe uma hora certa para a morte das pessoas.
A lição, relativamente ao momento da morte das pessoas, foi-nos dada na questão 853 de "O Livro dos Espíritos", na qual lemos o seguinte: "Fatal, no verdadeiro sentido da palavra, só o instante da morte o é. Chegado esse momento, de uma forma ou doutra, a ele não podeis furtar-vos".
Note-se que os Espíritos não falam em "hora", mas sim em momento, como o instrutor espiritual Jerônimo explica no livro "Obreiros da Vida Eterna", de André Luiz, ao reportar-se à desencarnação de Dimas: “Há tempo de morrer, como há tempo de nascer. Dimas alcançara o período de renovação e, por isso, seria subtraído à forma grosseira, de modo a transformar-se para o novo aprendizado”. “Não fora determinado dia exato. Atingira-se o tempo próprio.”
A duração de uma existência corpórea, se fatos supervenientes não interferirem no seu processo, está relacionada com a programação reencarnatória do indivíduo, mas o instante da morte pode ser adiado em determinados casos, como mostrado na obra de André Luiz acima citada. E pode, de igual modo, ser antecipado, em face do estilo de vida e dos abusos que a pessoa adote no curso de sua existência corpórea. Os excessos na mesa e o uso de alcoólicos podem, como sabemos, determinar o retorno mais cedo do indivíduo à vida espiritual. Quem assim age comete o que alguns estudiosos chamam de suicídio involuntário.

Seguidores