Páginas

sábado, 6 de julho de 2013

ABORTO, DOR, ANGÚSTIA:

Hoje fazem --- dias que perdi um bebê em um parto prematuro.Desde que recebi a notícia de que estava grávida parece que pressentia a todo momento que algo errado poderia acontecer, uma tristeza e um medo muito grande tomaram conta de mim, e assim foi tive um parto prematuro aos 5 meses de gestação.Estou muito triste, chateada e angustiada. Me ajudem com sugestões de livros e orações para que eu possa vencer esta tristeza tão grande!Fico querendo saber os motivos encontrar uma causa algo que me conforte!Me ajudem por favor!




Prezada ____________, bom dia.


Embora nada que ninguém vá dizer neste momento possa eliminar esta dor de seu peito, existem esclarecimentos e orientações que a Doutrina de Jesus nos dá e que auxiliam a, pelo menos, compreender e aliviar o sentimento de perda através da é e do conhecimento.


Uma vez que Deus é amor, minha irmã, e que é justo e bom - invariavelmente seus desígnios, mesmo os que nos fazem sofrer, tem por objetivo algo útil e com um propósito justo, que representa o melhor caminho para nós ou para os envolvidos.


Certamente parece uma contradição afirmar que um Deus bom iria fazer uma mãe interromper uma gravidez prematuramente e provocar a "morte" da criança em seu ventre. Isto parece mais um processo de vingança ou penalidade.


Entretanto, querida irmã, apenas compreendemos por esta ótica porque ainda estamos por demais ligados ao mundo material e enxergamos a vida ainda através da lente do hoje; esquecendo de utilizar as lentes do ontem e do amanhã, onde encontraremos invariavelmente a explicação para os fatos ocorridos.


A Doutrina Espírita nos esclarece que em casos assim normalmente este processo representa um resgate para os pais e familiares, os quais tem a oportunidade de aprender a importância da vida e o seu valor, através da dor e da perda; porque em existencias anteriores não souberam valorizá-la quando ela veio através do amor.


Nos orienta ainda que para o espírito reencarnante - que embora criança é um espírito imortal e tem diversas pendencias de existencias anteriores - é uma oportunidade de largar na carne problemas espirituais ou perispirituais que necessitem de remissão, ou ainda de completar seu "tempo" de encarnação para que possa seguir em um outro momento a sua evolução individual com espírito.


Esta "morte" física representa então a libertação do espírito reencarnante para seguir buscando sua felicidade imortal e a chance de remissão dos pais e familiares que aprendem valiosa lição, que fica eternamente gravada em seus arquivos mentais.


É desta forma, minha irmã, que a dor que sentimos hoje, e achamos ruim ou maldade de Deus, se transforma na professora que necessitamos e no objeto de libertação do espírito imortal; provando mais uma vez que Deus de um aparente "mal" tira um "bem" que estava oculto pois não utilizamos as lentes de observação corretas.


Entendo que estas minhas poucas palavras, embora podendo de esclarecer os motivos e porquês do fato ocorrido, não aliviam a dor que sente em seu peito - a qual nunce senti nesta encarnação, mas imagino o que seja.


Para esta dor, querida irmã, apenas existe um remédio: a Fé.


A fé que traz confiança nos designios de Deus e nos ajuda a compreender que, mesmo sofrendo, este caminho foi o melhor para todos os envolvidos.


A fé que traz resignação pois compreendemos que Deus não é injusto nem nos castiga, mas que resgata as nossas faltas para que possamos seguir com nossa evangelização imortal.


A fé que traz consolo pois percebemos que o espírito reencarnante, apesar de todo nosso sofrimento, está livre e "limpo" para reiniciar sua caminhada evolutiva em novas oportunidades.


A fé que traz esperança de que todos os envolvidos possam se encontrar novamente, quem sabe em sonhos, quem sabe em desdobramento no mundo espiritual, quem sabe em uma nova gravidez.


A fé que nos faz orar e agradecer a Deus por sua generosidade e amor que não esquece nenhum de seus filhos, auxiliando a todos, que como crianças birrentas acham ruim o remédio amargo que cura todos os males.


Por isso, querida irmã, ore a Deus por paz e quietude em teu coração; ore por luz e amor para o desencarnante; ore por gratidão e por esperança, para que seu coração esteja em equilíbrio e harmonia, apesar da dor que te aflige, pois já percebes o amor de Deus agindo em todos os momentos de tua vida.


Não deixemos o orgulho e o egoismo inundarem o nosso coração com dor e desespero por conta do nosso sofrimento pessoal; aprendamos a observar o mundo através dos olhos imortais do espírito e aprendamos que, a exemplo do próprio Jesus, as vezes necessitamos fazer sacrifícios para auxiliar o nosso irmão em necessidade.


Aconselho a leitura do capítulo 06 de "o evangelho segundo o espiritismo", que certamente te auxiliará.


Espero ter sido de alguma ajuda.


Paz contigo.





Leia Mais em: http://www.bomespirito.com/#ixzz2YJZ2WPTB
Obrigado pelo carinho e Paz Contigo

Seguidores