Páginas

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Á MÃEZINHA QUE PERDEU SEU FILHO AMADO:


À MÃEZINHA QUE PERDEU SEU FILHO AMADO






“Esta mensagem que me foi passada é direcionada a uma mãezinha, que eu não conheço, não foi me passado nomes, pediram que eu a postasse pois a pessoa certa viria aqui para lê-la.”



Venho através dos rios, dos lagos,
venho atravessando fronteiras inimagináveis,
venho atraído por esta energia,
um misto de tristeza e esperança,
que clama aos céus por ajuda,
num grito de extrema dor,
ensurdecendo os céus,
fazendo-se escutar.

Que lamento mais triste,
alma que chora,
que na fé se agarra,
tirando dela forças,
para poder continuar,
é isto só o que pede,
humilde curvou-se,
aos desígnios da vida.



Coração de mãe que chora,
a perda de seu filhinho,
que se perdeu pela vida,
e da vida foi ceifado,
coração não se revolta,
entende as Leis do Amor,
transgredidas pelo filho,
causando muita dor.



Oxum ouviu seu pranto,
de seus olhos lágrimas rolou,
pedindo que eu viesse,
para a dor aliviar,
levando para suas águas,
a dor de teu coração,
aliviando-lhe a alma,
trazendo-lhe paz e calma.



Não chore mais,
sossega o coração,
o teu filhinho querido,
que caiu pelo vicio,
levado pela ilusão,
Oxum irá amparar,
recolhido ele será,
e aprenderá a lição.



Agora sossega filha,
segue em paz tua missão,
teu menino nós cuidaremos,
não se esqueça jamais,
que o Pai não desampara,
Jesus cuida do rebanho,
o Amor que Ele espalhou,
te dará vitória sempre.



Ditado por Zé Pilintra do Catimbó

Psicografado por Luconi

Em 06-11-09.

Seguidores