Páginas

domingo, 17 de março de 2013

AS PERDAS...

 
As perdas doem mais do que a saudade, cortam mais do que alguns dias de 
ausência. As perdas nos afetam mais do que as doenças, e nos deixam em 
mais agonia do que um amor mal acabado poderia deixar algum dia. As 
perdas vão nos arrancar de nossos lugares e nos sacudir no rosto da 
realidade. E embora pareça que nunca vai acabar, o tempo um dia vai te 
encontrar. A verdade é que todos nós sabemos que um
dia vamos perder aqueles que amamos, e que também vamos nos perder. 
Acredito que a morte não é um vulto encapuzado que vem causar tristeza. A
morte é uma luz e uma porta para a eternidade. A morte não é o fim, o 
abismo não tem fundo, você vai continuar caindo. Mas vai cair em meio à 
cor, nada vai estar escuro. E todos aqueles que um dia você achou que 
tinha perdido para sempre, vão estar lá, caindo com você e por você 
também. A beleza do abismo não é o que vai estar do outro lado, é a 
queda. É o amor, amor por aqueles que te deixaram e amor por aqueles que
você vai deixar.

Seguidores