Páginas

domingo, 14 de abril de 2013

DEPOIMENTO EMOCIONANTE DA AMIGA IVANISA SOBRE O FILHO CÉSAR HENRIQUE:



Falar do meu César Henrique.. como falar, como dizer o que meu coração grita, a minha saudade..a falta que este moleque me faz.. não há palavras....mas vamos que vamos.....

Na madrugada do dia 13/02/1973.. precisamente, 0,05 mintos.. um choro.. e lá descia uma estrelinha do céu para alegrar o meus dias.... Chegara meu menino.. feio.. magrinho.. enrugado, careca.. de lindo só os olhos azuis.. que se tornaram verdes depois....
Engordou, o cabelo cresceu.. se tornou um lindo loirinho de olhos verdes.. cheio de amor, carinho e muita alegria que chamava a atenção em todos os lugares.... seu sorriso.. inigualável.. e como sabia sorrir, e como sabia me abraçar e beijar....

A vida difícillll... muitas privações passamos Adriana, minha filha mais velha, ele e eu. Eu muito trabalhava.. secretária numa grande empresa.. mas  tinha que sustentar sózinha meus filhos, pois o pai era alcólatra.... Ma sempre  escutava ele me dizer.. Mãe vou crescer e vou te dar tudo mãe.. muito...

É realmente o tempo passou.. e ele se tornou  um lindo homem.. não só me ajudou.. ajudou a todos que encontrou.. pobres, feridos, pessoas desesperadas.... crianças carentes.. mães sem amparo....mendigos.... não havia para ele distinção entre as pessoas....tirava a roupa e chegava em casa  sem tenis ou camisa porque tinha alguém precisando.. quantas veze chegou em casa sem blusa de frio.. quase que congelando...

Cuidou de mim.. dos sobrinhos.. deu amor e mais amor...me amou como a mais amada.. depois vinham os outros... e aos 21 anos vendo uma mãe necessitando dar o filho, ou melhor filha.. se apaixonou pela menina e a trouxe para criarmos.. e aqui tenho a Bruna Bonnie com 18 anos que é minha neta de coração e mora comigo... Assim era meu filho..

Mas.. nem sempre são tudo flores... e quando já pensava em  casamento, no auge dos seus 28 anos, 2 meses e 28 dias às 0,20 minutos.. voltando do trabalho foi assaltado.... deve ter reagido.. não sabemos.. e cortaram a veia jugular dele..... e lá se foi minha estrela cintilante, minha alegria, meu amor e minha vida.... Só restou os anos que passamos juntos, as alegrias que me deu.. os ensinamentos que  me ensinou.. os tapas que  dei.. as broncas também.... mas maior que tudo o amor maravilhoso, o beijo estalado, o carregar no colo, o amor por todos  em casa, as brincadeiras com os sobrinhos Julianna e Guilherme que cuidou e amou como se fosse pai.. e a Bruna teve nele um pai maravilhoso, pena que por tão pouco tempo.. mas todos tem deste menino uma saudade imensa e  recordações de amor que nem o tempo, nem a distância, nem a morte acabou.
Meu filho.. meu amor.. minha saudade....
Teve defeitos.. sim e muitos..mas os defeitos que  teve não superam as qualidades.. nõ era deste mundo e foi brilhar lá no céu.. e sei que me espera para juntos continuarmos a nossa viagem no trem que ele infelizmente desceu antes.

Meu filho César Henrique.. meu guarda costas.. meu amor.. minha vida. Seja feliz aí como foi aqui..


Seguidores