Páginas

quarta-feira, 11 de julho de 2012

DAS ESTRELAS E BORBOLETAS....



















Das estrelas e borboletas

Eu agradeço ...
Pela graça
de olhar estrelas
nas noites
em que tudo parece
em vão...
Elas sorriem
como quem diz:
Você também pode brilhar!
Não chore! Não!

Eu agradeço...
Pela graça
de olhar borboletas
nas manhãs frias
em que a saudade
ainda ecoa
feito refrão...
Elas dançam
como quem diz:
Há milagre na metamorfose
Hoje, voamos leves
Já estivemos presas ao chão.

(Sirlei L. Passolongo)

Seguidores