Páginas

domingo, 8 de julho de 2012

AUSÊNCIA


Ausência...
O choro do vento atordoa os


pensamentos...


Nas brumas incansáveis da


solidão soluça também a 


saudade...


Ò impiedosa ausência que faz


doer a alma, descobre em ti


um pouco de paz, alguma


quietude para tanta tristeza...



(Cida Luz)




15/10/09

Seguidores